Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Carta de desamor, O Amor que já não existe.... ( desafio do Compadre Blue)

 

 

 

 

Carta de desamor / O Amor que já não existe...

 

 

Olá….desculpa mas preciso falar contigo, podes ouvir-me?

Preciso dizer-te que este silêncio que existe entre nós esconde o amor que entre nós já não existe, que não nos zangamos há quase um século e só existe indiferença entre nós.

Preciso dizer-te que o nosso mar secou e que tu já não me sabes acariçiar como a sereia que outrora conheci e amei, que esse sorriso que tens é desenhado para te defenderes das noites sem liberdade.

 

Se este amor já não existe porque continuas a esconder a verdade? Sabes que fingir faz-te mal  a ti mesma, secalhar pensavas que eu era assim tão parvo? Parvo é talvez o que senti por ti.

Preciso dizer-te que este amor já nem nos faz chorar, que o unico sentimento é a vontade de fugir de ti e que sobre nós há um cinzento de mau tempo, cinzento que é a unica cor que nos fica bem.

 

Amanhã será uma dor insuportavel, mas viajarei feliz no comboio da solidão que quem sabe em qual estação me deixará, mas seja lá onde for, sei que em mim renascerá a poesia, toda a poesia que tinha no coração e que gastei contigo, neste amor que já não existe.

 

 

Mané

 

Som: Adelaide Ferreira-Papel principal

publicado por Frágil às 15:41
link do post | favorito
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 31 de Julho de 2008 às 17:30
A pior coisa que duas pessoas podem fazer quando acaba o amor, é "tentarem tapar o sol com a peneira" ( como se diz lá p´rás minhas bandas lol), a vida é mesmo assim feita de amores e desamores, e se ele acaba o melhor é esclareçer-se logo tudo e cada um p´ra seu lado, pode até doer ( amando ou ñ, gostando ou ñ) sempre dói um pouco, afinal um dia essas duas pessoas já foram uma só...mas para quê atrasar a d^r? um dia tem de ser mesmo.

Gostei da tua carta, nela falas para ti e...para ela( seja lá quem for,pode até ser pura imaginação) mas está mto boa.

Beijito meu em tuuuuuuuuuuu


De Frágil a 4 de Agosto de 2008 às 04:33
Dói sempre, pk no fundo é uma pagina da nossa vida que fica escrita e nao se apaga ( na maior parte das vezes ) consegue-se viver com essa pagina escrita e aprende-se a lidar com o passado, mas tapar o sol com uma peneira nao, tens razao amiga.




Bêjuuuuuuuu


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007