Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

A cama dos amantes...

Bem ppl…..

 

Já sei que é uma coisa velhinha, nem sei já quantas vezes postei isto, mas pela falta de inspiração.....e tambem porque tenho fans novas no blog, achei que devia mostrar algumas das minhas coisinhas que mais gosto.

De facto este é um dos textos que escrevi que mais gosto.

 

Olhem, acontentem-se IoI

 

PS: desculpem a musica ser repetida....mas....o MP3 pareçe que anda ganzado.

.

.

.

.

"A cama dos amantes"

 

 

 

Quem chegar primeiro espera

o local é sempre o mesmo e...

basta um telefonema para nos fazer encontrar

de manhã de tarde ou á noite, quando ele não estiver

encontramo-nos outra vez para nos voltar a deixar.

 

No escuro....

eu tu e mais niguém....

o medo vai-se embora

e numa cama que não nos pertençe

despidos para nos amar-mos mais

com os olhos e o coração no prazer

que fáz parte de nós.

 

Dizer-se amo-te no intervalo de um respiro

olhar para o chão e ver como dormem as nossas roupas

fumar em dois....

para sentir-se mais unidos

e depois morrer.

 

Depois morrer quando acabamos de fazer amor,

Depois morrer quando te revestes devagar,

Depois morrer quando te olhas ao espelho e.....

és mais bonita.

 

Depois morrer quando me dás o ultimo beijo,

Depois morrer quando me foges das mãos,

Depois morrer quando me dizes : vou-me embora.

E eu que te quero ainda.

 

Sim, quero-te ainda.....

quando estás no meio das escadas e me dizes....

vemo-nos amanhã ou depois ou quem sabe quando

e eu fico sozinho neste quarto de Hotel

a acariçiar a cama

os lençois que estão frios

como este amor sem ti e…..

 

E penso à noite quando estás com ele

quando ele te acariçia e tu não podes falar

farás amor sim, farás amor com ele

mas de certeza que pensas em mim.

 

Só em mim.

 

 

 

 

Mané

 

 

Som: Zucchero-Pure love

publicado por Frágil às 20:35
link do post | comentar | favorito
59 comentários:
De Ana a 19 de Abril de 2008 às 17:23
realmente já está mas desculpe que lhe diga que se calhar ficaria melhor se usasse o corector ortográfrico. Porque em português frases como: " que tu escolheu" e " à noite pra tu " não existem. E que "ato" faz parte do verbo atar, talvez quisesse escrever acto.
Mas talvez com um bom dicionário de português e o corrector ortográfico consiga lá chegar.


De Velucia a 19 de Abril de 2008 às 20:37
Ana

Fico muito grata pelo auxílio.
Fui pesquisar o que escreveu.
Afinal... devo escrever "Tu" ou "Você" como já mencionou em um dos comentários?
Não sou letrada como Tu.
Quanto ao corretor ortográfico vou providenciar.
E quanto a palavra "ATO" segundo o nosso dicionário:

Ato é: Ação, um feito, tudo que é feito.

Se é um "feito", a relação sexual é um ato.
(Atar: ato de fazer) O "nó" é um feito (fazer um nó),é um ato de fazer, tal como o ato sexual no qual me referi. Só não completei a frase deixando a quem lê a própria interpretação.
Há referência também quando peças teatrais: 1º. ato, 2º,etc.


Pesquisando em Wikipédia on line encontrei:

ato sexual ou relação sexual é a denominação geral dada à fase em que dois animais com reprodução sexuada (mais especificamente o ser humano) Pode-se referir, portanto, a:

Comportamento sexual humano;
Relação sexual humana;
Acasalamento, nos animais em geral.

Sabemos que na escrita Brasil e Portugal ainda temos diferenças. Parece-me que tem algo a mudar, mas, creio que ainda não aconteceu.





De Ana a 22 de Abril de 2008 às 14:03
pois ainda não aconteceu e espero que não aconteça que o nosso português já anda a ser tão "assassinado" e se procurou na wikipedia em português não deve ter reparado bem a direfença de acto e ato, passo a transcrever frase da wikipédia "durante ou depois do acto Sexual" como vê não me enganei, sei que já existem pessoas, que devido ao acordo ortográfico que eu acho uma aberração já não destinguem o verbo atar da palavra acto é pena que o verdadeiro português esteja a desaparecer.


Comentar post

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007