Quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Fabula...

.

.

„Fabula"

 

  

Em cada dia que passa vou contando a minha fabula

Conto-a quase todos os dias a quem quer que tu sejas

Visto-me de sonhos para te dar o que quiseres

As ilusões do "Eu Menino" que brinca aos heróis

Estes textos que vão passando às vezes pégam fogo e tu...

És alguem que vem á procura de sonhos e de poesia

Atraz desta mascara existe um homem e tu sabes disso

Um homem que percorre a mesma estrada que tu

Atravéz deste blog vou pintando o meu rosto

Para que a vida não me reconheça e se vá embora

  

O coração bate e cada dia é uma experiençia nova

A minha vida vai na mesma direcção

Atravéz deste blog visto-me como um Rei

Para que tu sejas Rei de um momento de magia

Com algumas palavras transformo a nudez da realidade

Poucas estrelas de papel e heis o teu céu aqui

Experimenta tu mesmo a inventar a minha poesia!!!

E esqueçe o mundo com as suas loucuras

Faz com que o que está lá fora fique onde está

Tu sorris, cantas, escreves e choras comigo

  

Ás vezes volto a ser menino e deixo cair uma lagrima

Em cima deste casaco que tenho por cima da pele

Atraz desta mascara existe um homem e tu sabes disso

Um homem com alegrias, amarguras e problemas

Atraz desta mascara estou eu...tão somente eu..

O que procuro e o que quero...só Deus o sabe

E só Deus sabe quantas vezes já nasçi e morri

Por causa desta fabula que é minha

   

Vem, entra....

Que na minha fabula...

   

Há espaço para ti tambem

   

   

Mané

.

.

 

Som: Paolo Conte-Via con Me

publicado por Frágil às 08:08
link do post | comentar | favorito
15 comentários:
De K. a 10 de Abril de 2008 às 08:14
A máscara por vezes esconde um não saber caminhar, ainda que um palhaço sorria sempre.
Um beijo.


De Blue Eyes a 10 de Abril de 2008 às 08:20
Chega-te para lá, que eu também quero entrar! ( enquanto não vem o gelado e a vodka )
Fora de brincadeiras, está muito bonito o que escreveste!

Abraçuuuuu


De Anónimo a 10 de Abril de 2008 às 10:24
Comentário apagado.


De M. a 10 de Abril de 2008 às 10:30
Tens razão, mas haverá alguem neste mundo que saiba caminhar?

Os palhaços tb choram.....



http://i152.photobucket.com/albums/s177/zeka1966/palhaotriste.jpg



um beijo


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinha___ஜॐ♥ஜ a 10 de Abril de 2008 às 08:16
Eis-me...entrei...a máscara não a tirei...pois eu sou somente eu e eu mesma...a minha máscara sou eu...mas...mesmo assim...atrevi-me a entrar...a...comentar para deixar um beijo meu em tu

" tentando inventar a tua poesia"

O teu coração bate e em cada dia é um novo dia,um novo sonho quiçá inventado por ti...
A tua vida vai em toda a direcção
E...Atravéz deste blog vestes-te e sentes-te como um Rei
Para que sejas Rei de um sonho...de um momento de magia
Com breves palavras vestes a nudez em realidade...
Poucas estrelas existem...e ...heis-me aqui...não de papel mas como o vento,que passa e não se vê,mas se sente...vejo o e sinto o teu céu aqui neste teu cantinho de magia tua...
Mandas-te esperimentar e inventar a tua poesia
Fui audaz...entrei...e...experimentei...espero ter conseguido,nem que fosse um sorriso por ter tentado...
E...esqueço o mundo e suas loucuras
Tento esqueçer que o que está lá fora existe...mas se existe que fique onde está...
Tu sorris...eu sorrio, tu cantas...eu canto,tu escreves...eu leio e escrevo... e...choras comigo...e...eu contigo...


boa noite compadre Mané


De Frágil a 10 de Abril de 2008 às 21:30
Ora cumadriiiii Estrelinha, vocemessei assim dêxa-me assim a modus que sem palavriado pa vocemesseii porra, este sê comentario dava mas era pa poste?!?!?!?

Devo dizer que me tocou o que escreves-te e pela concentraçâo com que estavas para escrever isto, tá bem tá bem, há coisinhas minhas neste comentario, mas.....e ( sublinho ) o mas......

O que vocemessei lhe meteu...embelezou ainda mais o ar por onde estas palavras passam e os olhos de quem a as lê.

Experimentou MUITISSIMO bem a inventar a minha poesia e na minha modesta maneira de ver, saiu-se MUITISSIMO bem.

“Tu sorris, cantas, escreves e choras comigo”......na sei se chorou nem se cantou, mas que escreveu cmg, escreveu e quase que arriscaria a dizer que os olhos tb deve ter molhado, ahhhh na sei, mas quiçá, pa escrever o que escreveu!!!!

Parabens do fundo do coração e obg tb do fundo do coração.



Bêjuuuuuu


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 10 de Abril de 2008 às 21:45
cumpadriiiiiiiiiiiii ataum éi assim: voçemessei disse: Experimenta tu mesmo a inventar a minha poesia!!!

entendi eu que seria para entrar na tua poesia e reinventá-la e foi o que fiz, peguei num pequeno trexo,nao nela toda senão nunca mais acabava) e coloquei algumas palavras tuas e outras minhas, sendo assim...inventei a tua poesia querido compadri ...
ainda bem que gostas-te amigo, pois fi-lo de coração, é sempre um prazer ler-te,posso não te comentar sempre mas sempre te leio, afinal...o tempo para mim tb escaçei-a né !?!?!?

beijinho doce e rexonxundo nu tuuuuuuu


De Café com Natas a 10 de Abril de 2008 às 09:19
Que tás a fazer c'os meus ténis, carago?
Foste tu que mos gamaste...

Vou amandar-me, mas logo quero ver se posso tb fazer parte da tua "fábula"...
Bêju


De Frágil a 10 de Abril de 2008 às 21:15
Pois pois, a mim tb me faltaram os ténis!!!!!, na é que foste tu?!?!?!?! oh cum carago IoI

Amanda-te, mas com cuidado hein!!!! nâo esqueçer a bóia e já agora colete de salvação e contracta um salva vidas com tubarão domesticado IoIoIoI.


Bêjuuuuuu


De Manuel Araújo a 10 de Abril de 2008 às 11:23
Oi Mané tudo giroflé?

envia por favor um mail para araujo.manuel@gmail.com

Quero pedir-te uma informação

Abraço

PS já agora, parabéns pelo blog :)


De Frágil a 10 de Abril de 2008 às 13:11
Tás bom Manel ?
Mandarei o mail sim, mas antes diz-me se sabes quem eu sou, é que eu sei quem tu és IoI, alias, não devo estar enganado e não estando enganado.....até já fomos colegas!!!!! IoIoI

Eu depois explico


On_____"Espaço Portugues"_______Off diz-te algo?



Abraçuuuuuuuu


De poetaporkedeusker a 10 de Abril de 2008 às 18:17
Ó Fráááágil!!! Eu sei que o que tu escreveste é um espectáculo, mas chama tu a chuva aí pr`ó Alentejo que eu vou chamando o sol cá para estas bandas! É que ela está-me a deixar ficar mal vista! Atão quando eu chamo o sol e ele até vem, fico toda contente! Quando já estou tão contente que até parece que comi gelado de limão com vodka...zás! Começa outra vez a desgraceira do dilúvio! Vão chamar-me mentirosa! Onde é que já se viu esta falta de respêto???Ok!Ok! Eu sei que estás muito ocupado com a tua "Fábula", mas eu já estou tão farta de água que prefiro a "chuva de alcagoitas"!!!


De Frágil a 10 de Abril de 2008 às 21:12
Apruvêta e chama tameim o solinho aqui para terras Hélveticas que eu preciso pahhhh.

Qto a chuva de alcagoitas na há cá nadica, só se forem ervilhanas ou amendoins....ou então vodka IoI.



De poetaporkedeusker a 10 de Abril de 2008 às 22:05
O vodka serve! Pelo menos sempre evapora mais depressa...


De Ana a 17 de Abril de 2008 às 09:19
Deixas-me entrar na tua fábula? Podemos assim construir uma.

A/Mo-te por tudo e por nada


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!