Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Quando era puto...

.

.

„Quando era puto“

 

 

 Aquela casinha escondida

Onde o sol passava

E não me aqueçia…

Agora é só uma lembrança

 

Quatro paredes antigas

Um quarto

Dois moveis velhos

Jesus á cabeçeira

E gritos da minha avó…

 

Quando acordava de manhã

Com os olhos secos do frio da noite

Laváva a cara a dormir

E uma gota e um sonho

Caíam no chão

 

Quanta estrada a pé que andava..

Com chuva e com sol

E depois na escola…

Falava do Pá….

 

Depois voltava para casa a correr

Com o coração mais doce

Eu um pobre rico…

De felicidade

 

Brincava com um amigo á guerra

Mas sem pistolas

Só com uma bocado de páu

E quem perdesse…

Pagava com berlindes..

 

Aquéla fonte mais alta que eu

Onde quando eu bebia

Me molhava os sapatos

Agora é só uma lembrança…

 

Um bloco e um lápis

Davam-me a esperança

E eu sentia nos dedos

Que queria escrever…

 

Grande moralista o meu avô

Que queria mudar o governo sózinho

E a minha avó sempre mais velha

Passava o tempo todo…

A falar com Cristo

 

Dias prisioneiros da liberdade

Dias sem caminhos para caminhar

Dias de um fato somente

Que se esperasse pelo Natal...podia vesti-lo

Dias que jà não voltam mais

Dias que pertençem á minha vida

Dias coloridos e difíceis

Onde um bocado de pão..

 

Era o prato preferido…

 

 

Mané

 


publicado por Frágil às 19:05
link do post | comentar | favorito
21 comentários:
De Frágil a 1 de Fevereiro de 2008 às 20:27
HOOOUUUUUUUUUU!!!!!! mas que conversa é essa?!?!?!

Antes de mais nada....eu.....se como sou diferente nao te digo o que todos costumam dizer:
Ah vá lá, na vás embora, amanha é outro dia e tal, verás que amanha o sol vai nascer e tal...é td tanga!!!!!

Olha, sabes....se achas que deves mesmo deixar o blog, vai.....xispa-te....marimba-te pa quem te lê e até gosta de te ler.....e até arranja um tempinho pa te ler.....e gosta de ti.....faz isso, faz essa figura de deixares o ppl td á nora....pa quê esperar?!?!?!
Pa quê manter um blog que até tá sublime?!?!

Ahhhhhh, deixa-te dessas coisas, abandona-nos sim, vai, xispa-te....a gente amanha já nem damos pela tua falta.....nao somos humanos!!!!!!
Éstas palavras é o pc que as escreve sozinho, ele na tem coraçao e escreve só assim, vai vai, abandona tudo, estas coisas do virtualismo na é um grande quê, na se tem sentimentos, é só mandar letras e palavras e tal para os outros irem dizendo: aiiiiii que giroooooo!!!! olha só que poema mais bonitooooooo.

Fazes bem, abandona tudo e todos....sem piedade, sem olhar pa traz, a gente fica aqui e outra Amstist não virá, mas a gente habitua-se, vai vai, xispa-te...

DAHHHHHHH

Faz o que quiseres, mas com a Nossa Senhora, ESQUEçE, essa nao a dispenso a ninguem......tu até tens opçao de escolha!!!!!! ou com Deus ou com o menino Jesus!!!! escolhes a Nossa senhora pk?, a Nossa Senhora é minhazinha e na dispenso, sorry, por isso, nao te autorizo a ires embora e na digo MAI NADA.


E já que te vais embora, olha, nem bêjuuuu, nem kêjuuuuuu


De Su a 3 de Fevereiro de 2008 às 22:10
HOUUUUUUUU...credo.
Tava a ver que nunca mais paravas de me dar na cabeça.

Acho que todos nós temos direito de tomar decisões por nós próprios...e com o silêncio de alguém sempre respeitei.

Não fechei o blog,porque simplesmente fiz uma pausa,
sem tempo para nada...né.Porque a vida têm destas coisas e porque somos humanos e não somos maquinas.

Nunca pensei,entrar aqui para ler a tua resposta e deparar-me com uma coisa destas,mas enfim...
Levei uma grande moral...Acho que entendi bem a tua mensagem.

Olha fiquei mesmo DAHHHHHHHHHHH!
Quando tiveres um tempinho para passares no blog,irei agradecer-te a tua visita e já agora lê a minha resposta ao teu comente.

AHHHHHHHHHHHH,não sou pessoa de guardar magoa,não vi aqui nada mais que um desabafo.

Agora vou-me xisparrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr.
Uma excelente semana.




Comentar post

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007