Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Calor Frágil...

.

.

"Calor Frágil"

 

 

 

TU que te sentes inútil

TU que sentes que te falta algo e não sabes o que é

TU que não tens água para matar a sede

TU que num copo procuras o que a vida não te dá

E TU que não te sabes decidir

E ainda TU que com problemas de sexo

E também TU que és banal

E TU que tens um fraquinho por ela e ela que nem olha para ti

  

Vem....

   

Vem aquecer-te no calor Frágil que há em mim....aqui...

No que vou escrevendo e sonhando Frágilmente

  

Aqui existe um calor virtual/humano que te pode aquecer a pouco a pouco

   

Aqui existe também um mar de sentimentos e basta um pouco de vento para se navegar

   

Vem também TU que vendes amor numa esquina

    TU que vives no silêncio de um casamento falido

Vem TU também que fazes a diferença

TU que tens os olhos lucidos

TU que tens os olhos cheios de estrelas e ninguem os vê

Vem também TU que procuras ajuda

TU que caíste e já nem te lamentas

  

Vem....aquece-te...aqui ninguem te fará perguntas

   

Aqui ninguem é santo...

Mas aqui estás sempre a tempo e.....

   

Mais cedo ou mais tarde....encontrarás o teu momento

 

  

Mané

.

.

 

Som: Jorge Palma-Frágil

publicado por Frágil às 15:46
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito

Nas Nuvens...

.

.

"Nas nuvens"

 

 

Procuro verdades antes que se feche o céu

E quero a liberdade de ser quem sou

Mas encontro-te a tremer em frente a um pedaço de mim

Que lentamente vai desaparecendo no meio das nuvens

E tremo tambem eu em frente a esse pedaço de mim

  

Experimento a aquecer-me com um raio de sol

Mas lentamente até o sol vai desaparecendo

  

Junto a uma nuvem de sonho que queria para mim

 

Mané

.

.

Som: Pedro Abrunhosa-Se eu fosse um dia o teu olhar ( live )

publicado por Frágil às 08:25
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Escultura...

Ultimamente ando virado para a ESCULTURA, hihihihihihi

.

.


publicado por Frágil às 09:11
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

Celestial...

"Celestial"    de: Michael Kabotie

.

.

"Celestial"

 

 

Estás a ouvir esta melodia celeste?

Tem os sons mais bonitos do mundo

São as amizades perdidas no vento

Que nos vieram reencontrar

Para lá do tempo o Amor venceu

O segredo está nas nossas almas

E nas noites para lá da vida

   

Por cada lágrima que nos rolar no rosto

Nascerá um abraço a perdoar-nos

Olha quantas estrelas caiem no mar

Pais e filhos na mesma sintonia

Todos os medos ficam longe dos erros da humanidade

   

Abre os olhos

Para lá da vida...

Nós somos luz viva

Somos fogo e...todos numa só voz

Não tardes e não traias a espera

Que eu espero-te todas as noites

Para te falar de eternidade

  

Abre os olhos

Nós somos a única verdade

Somos corações em tempestade

A morte desafia-nos

Mas eu reconhecerei sempre as tuas mãos

  

E nunca me cansarei de seguir-te

 

 

Mané

Som: Zucchero-Cosi Celeste

publicado por Frágil às 15:47
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Cama dos Amantes....by Ki....

.

.

"Cama dos Amantes"

.

Dois amantes que se entendem no escuro que é só deles

Quando toda a claridade queima e a alma se entrelaça

Dois num só, num só momento, um só sentimento

Um desejo aceso num beijo

Um abraço apertado e a pele a tocar outra pele

Conquista-se o coração e a esperança

O sonho cresce envolvendo-os

E o olhar começa a olhar na mesma direcção

Dois amantes de si, por amor à vida

Que lhes perdoa cada distância

E lhes sorri em cada regresso

Dois amantes, que batem ao compasso do querer

Que se amam na voz um do outro

Ele que passeia nos cabelos dela

Ela que lhe toma o sabor que jamais esquece

Dois amantes sorrindo, olhando-se cúmplices

Perdendo os dedos e o pensamento

Atravessando o deserto da solidão

Numa cama de amantes que sabem amar

 

 

.

by Ki

.

.

Som: Gotan project-Santa Maria in Buenos Aires

publicado por Frágil às 18:00
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

A cama dos amantes...

Bem ppl…..

 

Já sei que é uma coisa velhinha, nem sei já quantas vezes postei isto, mas pela falta de inspiração.....e tambem porque tenho fans novas no blog, achei que devia mostrar algumas das minhas coisinhas que mais gosto.

De facto este é um dos textos que escrevi que mais gosto.

 

Olhem, acontentem-se IoI

 

PS: desculpem a musica ser repetida....mas....o MP3 pareçe que anda ganzado.

.

.

.

.

"A cama dos amantes"

 

 

 

Quem chegar primeiro espera

o local é sempre o mesmo e...

basta um telefonema para nos fazer encontrar

de manhã de tarde ou á noite, quando ele não estiver

encontramo-nos outra vez para nos voltar a deixar.

 

No escuro....

eu tu e mais niguém....

o medo vai-se embora

e numa cama que não nos pertençe

despidos para nos amar-mos mais

com os olhos e o coração no prazer

que fáz parte de nós.

 

Dizer-se amo-te no intervalo de um respiro

olhar para o chão e ver como dormem as nossas roupas

fumar em dois....

para sentir-se mais unidos

e depois morrer.

 

Depois morrer quando acabamos de fazer amor,

Depois morrer quando te revestes devagar,

Depois morrer quando te olhas ao espelho e.....

és mais bonita.

 

Depois morrer quando me dás o ultimo beijo,

Depois morrer quando me foges das mãos,

Depois morrer quando me dizes : vou-me embora.

E eu que te quero ainda.

 

Sim, quero-te ainda.....

quando estás no meio das escadas e me dizes....

vemo-nos amanhã ou depois ou quem sabe quando

e eu fico sozinho neste quarto de Hotel

a acariçiar a cama

os lençois que estão frios

como este amor sem ti e…..

 

E penso à noite quando estás com ele

quando ele te acariçia e tu não podes falar

farás amor sim, farás amor com ele

mas de certeza que pensas em mim.

 

Só em mim.

 

 

 

 

Mané

 

 

Som: Zucchero-Pure love

publicado por Frágil às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (59) | favorito

Obg Manél...

Ahhhhh Ganda Manél IoIoIoIoIoIoI.

 

Desculpem mas por segurança pessoal tive que “alterar” algo na foto.

Belos tempos....

.

.

Manél, obg pela foto, tens razão qdo dizes : “Eu sabia que um dia te ia encontrar para te dar a foto”.

Esta foto foi tirada no estudio de uma radio suiça, da qual não faço o nome por varios motivos, neste estudio passaram e foram entrevistadas personagens conhecidissimas da musica e da cultura portuguesa, nomes sem fim, estou a lembrar-me que aquele telefone branco já fez milagres IoIoIoIoI.

Lembro uma entrevista que eu organizei....tinhamos duas linhas de telefone e com muito esforço eu consegui juntar numa linha o Raul Solnado que nesse momento estava a almoçar num restaurante lisboeta, na outra linha o falecido Fialho Gouveia um dia após as eleições do Benfica para mais uma nova direcção de que ele fazia parte.

Tenho a entrevista gravada em MD, bem....., só me lembro que foi rir rir rir e rir, pareçia que naqueles minutos de entrevista se estava a reviver o “velhinho” ZIP ZIP.

 

Obg Manél...pela foto e pelo bocadinho saudoso que me fizes-te viver.

 

Som: Raul Solnado-A guerra de 1908

publicado por Frágil às 05:48
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2008

Céu...

.

.

„Céu“

 

 

E depois….heis-me aqui

De repente aqui estou eu...cheguei!!!

Saí de um sonho do meu ontem

 

E depois....subo mais alto

Até chegar a acariçiar Deus

Para lhe perguntar: “O que faço aqui” ?

 

Ahhhh?!?!?!?! O quê?!?!? Não entendi a pergunta!!!!!

Se conheço o amor?!?!?!?

Essa agora!!! Essa pergunta e logo a mim!!!!!

 

Bem....

 

Há flores que nascem mesmo que ninguem as regue

Enquanto a agua fiel em segredo desaparecerá

Um poeta agita-se á lembrança de um poema que magoa

Este tempo esfomeado vai consumindo a minha alegria

Escrevo.... choro e penso em como os homens se descartam

E que um drogado é apenas um doente de saudade

Que uma mãe se rende a um bébé que nunca nascerá

E que se pode ficar abraçados por toda a eternidade

 

E depois....heis-te aqui...pontual no teu lugar

Tu espectador atento

A sério que queres que eu viva o meu sonho?

Mesmo que não te conte nada....tu ves tudo IoI

A vida foge-te a ti tambem e nem tu a consegues parar

Se alguem te sorrir...não o trairás

A esperança é a poesia mais antiga que conheço

 

E depois...irás ler-me e chorar junto a mim

Desvelaremos ao enimigo um pouco de lealdade

Ensinaremos a perdoar a quem não sabe esquecer

O medo que sentes é o mesmo que eu sinto

 

Meu irmão....

Eu vou reentrar no que eu já sou

Até acreditar e até conseguir

Até que case com o “Azul”

Até que sinta que és parte de mim

 

Porque tu és parte de mim

 

 

Mané

.

.

 

 

 

 

Som: Zucchero-Wonderful life

publicado por Frágil às 21:29
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Sábado, 12 de Abril de 2008

Laura C`è...in...*MuSiC In Me*

.

Laura C`è......aliás....Sei solo Tu.

IoI


publicado por Frágil às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

Sem Mascara...

.

.

"Sem Mascara"

.

.

Nada de pinturas nem mascaras esta noite

Nada de cores vivas e imagens especiais

Quero que a olhar-te nos olhos

Seja eu com a minha cára verdadeira

Para que tu acredites que este homem..

É um homem e não a tua besta rára

 

Vestido de Pierrot ri e chorei por ti e para ti

Ia até partindo o mundo para defender-te

E quantas vezes pedia a Deus...que nunca me ouviu

 

Nada de mascaras esta noite....

Não é o dinheiro que compra os sentimentos

Quem faz milagres está lá em cima....no céu

E eu não sou o Cristo que tu queres ver em mim

 

Não era nada eu sem ti....outros tempos!!!!!

Nunca soube parar o tempo...não é coisa minha pahhhh

O teu destino já não é o meu destino

Nada do que fiz foi suficiente para ti

 

Por isso....

Nunca nenhuma mascara servirá para mudar nada

 

Nem sequer estas palavras....que o tempo não apagará

 

 

 

Mané

.

.

 

Som: Nek-Almeno sta volta

publicado por Frágil às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007