Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Além-tejo.....

.

.

„Alentejano“

 

 

 

 

 

Mas tu que sabes?

Tu quem és para falares do Alentejo?

Tu que não és como eu um “Ramo de Chapárro”

Tu que só vês os postais e ouves falar do Alentejo

Tu que só passas de carro e dizes: “Que giro”

 

Não....

Tu não podes falar só do mal do Alentejo

Nós nascemos doentes

De uma doença que não se cura nunca

E vamos andando para a frentiiiii, com as carícias de Deus...

Que nos enriquecem as mãos

 

Um alentejano ....

Não está sempre alegre

Não é só anedodas e riso

Não lhe chega só o sol.... tem outros pensamentos

E nesta corrida somos sempre os ultimos a arrancar

Corremos toda a vida para alcançar a méta da mesma barreira

 

Não....

Tu nunca poderás entender o que são milagres

Se não conheces o sofrer das gentes do sul

Se soubesses o que é a “Terra seca”!!!!

Se soubesses o que é ter que partir sempre

Se soubesses o que é chorar abraçado á melancolia

Entre alentejo e terras nórdicas e geládas

 

Os alentejanos são tambem os que agradecem sempre

Mesmo que o que lhe dás ou fazes é um direito humano

Os alentejanos são tambem os que pensam que são espertos

E não sabem que foram e continuam a ser sempre enganados

Os alentejanos são acima de tudo os que trabalham

Ou que esperam trabalhar....

Numa região onde o trabalho é uma coisa preciosa

E como todas as coisas preciosas não se encontra!!!!

 

 

 

Mané

 

 

 

 

 

      .

 

Tumba......Areops olé......Tenho dito

 

 


publicado por Frágil às 15:19
link do post | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007