Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

Apocalypse...

 

 

"Apocalypse"

 

 

Vejo uma lua crescente depois da morte de um sol

Vejo cães que ladram no meio de todo o nada

Vejo sombras desenhadas por uma mão que treme

Vejo voos de anjos que migram para o Oriente

 

Vejo poetas que vendem as palavras...

Em troca de uma vida eterna e de um pedaço de pão

Consigo olhar nos olhos de quem matou o sol

Não vejo ninguem a quem o possa contar

 

É caso para que os homens se perguntem...

 

Onde tudo irá parar

 

 

 

Mané

 

 

 

Som: OMD-Enola gay

publicado por Frágil às 15:05
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 23 de Julho de 2008 às 15:13
Vês o mundo com olhos de gente...
Vês o mundo com olhos de ver...
Enfim...
vês o mundo dos nossos dias...

( É o que digo: voltas-te em força, desculpa se estou sempre em cima do acontecimento)

Beijito meu em TU...


De Frágil a 27 de Julho de 2008 às 19:10
Vejo o mundo como toda a gente, mas é mais facil calar do que gritar.

Em foça?!?!?! a ver vamos, sou sempre eu, umas vezes mais cansado, outras vezes mais relaxado.

De qq maneira obg pelo teu comentario epelas palavras, que....dao sempre um outro animo para continuar.




Bêjuuuuuuuuuuuuu


De adnirolfpa a 23 de Julho de 2008 às 18:07

texto que tão intensamente se entranha(nunca se estranha),
há qualquer coisa de sinistro e estranho no ar....
a quem podemos contar?
onde isto irá parar?(pára??)
beijo


De Frágil a 27 de Julho de 2008 às 19:11
Provavelmente só pára qdo nós já não existirmos.....ainda temos que sofrer mto IoI.



Bêjuuuuuu


De Blue Eyes a 23 de Julho de 2008 às 20:16
Andas a precisar de férias. Ouve o que eu te digo. ;)

Abraçuuuu


De Frágil a 27 de Julho de 2008 às 19:12
Não podias ter dito coisa mais certa e olha só!!!!!! começaram sexta passada ;).


Abraçuuuuuu compadreee


De Blue Eyes a 27 de Julho de 2008 às 19:33
Tu não me digas... redondinho e secretos ou caracolada?


Grande abraçuuuuuuuuuu!


De Célia Augusta a 24 de Julho de 2008 às 16:14
Ao retornar em meus passeios pelos blogues inteligentes, deparo-me com teu desabafo poético frente às apocalipticas reações humanas nessa dimensão perdida em que vivemos...maravilha, Mané, nada como ter inspirações e reflexões nesse mundo de devaneios, desilusões, desinteresses e desvairado...mas ainda resta a esperança...afinal nós os poetas existimos!
Parabéns, e do Brasil te envio cheiros!!!!!


De Frágil a 27 de Julho de 2008 às 19:16
A senhora comenta pouco aqui no meu cantinho, mas qdo comenta!!!!! é sempre de se lhe tirar o chapéu ( termo portuga ), de qq maneira o que acontece é que hoje em dia a vida é tao complicada que é mais facil calar e virar o olhar para o outro lado e cada vez há menos gente com vontade de gritar.

Felicissimo por pertencer á sua lista de "blogues inteligentes" é uma honra.


Obg pela sua visita e pelas suas palavras sempre mto certas.



Bêjuuuuuu


De Ana a 5 de Agosto de 2008 às 08:53
O meu apocalypse são as saudades, a distancia que por vezes nos faz ver coisas onde elas não existem e nos tornam mais frágeis, mais sensiveis.

A/Mo-te por tudo e por nada.



Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

Links

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!