Sábado, 24 de Maio de 2008

Curta-Metragem...

.

.

„Curta-Metragem"

 

 

Tudo nasce numa casualidade magica

Depois basta escolher se deixar-se ir ou não

O medo de deixar-se ir mais um pouco tambem terá o seu papel

E será tão imprevisivel tudo o que acontecerá

     

È inevitavel enrolar-se num beijo

E em cada centimetro do teu morno abraço

Não sei se as nossas estradas farão a mesma viagem

Ou se és apenas uma imagem parada na minha curta-metragem

      

Quero apenas sentir-te colada a mim sem grandes promessas

Ou talvez recortamos um cantinho onde o ar è simples

Deixa-me respirar fundo, pára e não digas nada, abraça-me somente

E depois deixa-me acreditar que entre nós nunca acabará

   

Somos historias que se tocam num conhecido vai e vem

Combatemos solidões mas o meu olhar…

  

Procura-te e não pára nunca.

  

 

Mané

.

.

 

 

Som: Vasco Rossi-Vá benne cosi

publicado por Frágil às 10:32
link do post | comentar | favorito
32 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 24 de Maio de 2008 às 10:48
Quem sabe...uma curta-metragem
casualidade...magia...
e como um clik...ir...ou ficar
será apenas um pequeno papel,
ou o papel principal...sei lá...
Curta-metragem...
E tudo é tão imprivisível,
desenrrola-se o beijo desejado
acompanhado de um abraço morno e...
Curta-metragem...
Não sei se as nossas estradas
algum dia se cruzarão,
ou se caminharemos por caminhos diferentes,
mas ficará a tua imagem,mesmo parada á minha frente e...
Curta-metragem...
Agora pára...sustém o respiro,
fecha os olhos e sente-me,
E depois deixa-me acreditar que entre nós nunca acabará...
Somos histórias...num desconheçido vai e vem
cAmbos ombatemos solidões mas o meu olhar…

Procura-te e não pára nunca.

LINDOOOOOOOOO
( como aliás sempre...)beijinho terno e doce tem um bom dia xapárro


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:32
Bonito, gostei mesmo da tua versao tb mto tocante.

Obg xapárra..


Bejuuuuuuu


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 24 de Maio de 2008 às 12:18
Cumpadre Frágil ...
comentei anteriormente e confesso que gostei da adaptação que fiz do teu post com o meu comentário, pensei e...peço autorização ( uma xs que o post original é teu ) para publicar o comentário no meu cantinho estrelademim, aguardo resposta de vossa excelênçia o compadri alcagoita xapárra...

Bêjuuuuuuuuuuuuuuu


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:33
Claro que sim cumadre, pode e deve, será um orgulho.


bejuuuuuuu


De Ana a 24 de Maio de 2008 às 13:17
"Deixa-me respirar fundo, pára e não digas nada, abraça-me somente.
E depois deixa-me acreditar que entre nós nunca acabará".

É o meu maior sonho e desejo.

A/Mo-te por tudo e por nada.



De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:36
Respiremos fundo e......

A/Mo-te por td e por nada


De Ana a 24 de Maio de 2008 às 15:17
...È verdade, arranjas-me um papel nesta tua curta metragem?


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:38
Pricisa gritá? IoI


De KI a 24 de Maio de 2008 às 20:27
Vou-me remeter inteiramente ao silêncio pq n me apetece comentar amor.

(Amor amor amor amor toda a gente fala de amor amor amor e depois ficam tristes e saudosos e falam de amor amor amor. Valha-me São Viagra!)

Pá e foi só para brincar e n meter P.S.'S! LOL.

Por falar nisso...













































































P.S. - Tás vai n vai a ficar mais cota oh mano mai lindo!


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:39
Amor Amor Amor.....remetemo-nos ao silencio senhor!!!!!! IoI


é cota sim, mas nao o serei já?


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 25 de Maio de 2008 às 14:47


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:40
Coisa mai linda!!!!!!!

Obg



Bejuuuuuuuuu


De KI a 25 de Maio de 2008 às 20:43
Mensagem standard: A nossa poeta Maria João volta em breve, o pc encontra-se em reparações.

Obrigada pela atenção.


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:41
Axo que já voltou, eu é que me ando a portar mal com tds e nao tenho tido tempo para vos visitar, mas espero que esta falta de tempo passe e que volte a fazer o que sempre fiz, visitar os amigos.


De Blue Eyes a 27 de Maio de 2008 às 13:45
Ai cumpadri!!!
Saudades, amor... eu só queria matar a saudade e libertar o amor!

Abraçuuuu


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:41
Mas pk compadre? tens o amor preso?!?!?! IoIoIoI


Abraçuuuuuu


De Ana a 27 de Maio de 2008 às 17:23
PESSOAL O FRAGIL É PEQUENINO AMANHÃ VAMOS ENCHER-LHE O BLOG DE PARABENS!!!!


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:43


De KI a 28 de Maio de 2008 às 00:03
PARANS


Beijos e abraços às catadupas e muitos sorrisos e felicidade pela vida fora :)


De Frágil a 28 de Maio de 2008 às 11:44



Bigaux bigadux e mtos mtos bejuuuuuuuuuuuussssssssss


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!