Sábado, 15 de Setembro de 2007

Terra negra....

 

.

.

„Terra Negra“

 

 

 

 

Terra….

Que não choras nunca

Pelos teus filhos que são dores

Dores de sapatos rotos

 

Terra que não mudas nunca

Porque a agua é pouca ...

Para quem quer afundar os problemas

E não sabe que o bem està tão longe

 

E enxugam os olhos sem força nas mãos

Pela càra désta terra...

Estão sempre em guerra

Com quem làgrimas não tem

 

E debaixo do céu negro de fumo

Dos carros queimados pela terra negra

Escondem-se atraz das portas

Sem sorte e jà sem rezas

 

E debaixo do céu negro de fome

De quem come o tempo da terra negra

E de quem se perde sem sonhos

Sem mar e sem uma bandeira

 

Terra que não ris nunca

Terra que não sonhas nunca

Porque os sonhos não fazem falta.....

A quem tem que afundar os problemas

 

E que não podem ser livres com liberdade

Por cantar por ésta terra

Morremos tão depressa...

 

Parece o fim da eternidade.....

 

 

 

Mané

 

 


publicado por Frágil às 12:10
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Simplesmente...eu* a 17 de Setembro de 2007 às 22:22
Nascestes da nossa terra e aqui crescerás, tens o semblante da nossa gente, filho do desejo da justiça e liberdade. Irás levar à esperança, a liberdade, a autonomia, o sucesso. A tua liberdade é a nossa liberdade. Mantem-te firme em teus ideais. Tua dureza e razão são a essência da tua ternura e paixão...
Simplesmente... um beijo carinhoso


De Frágil a 19 de Setembro de 2007 às 13:31
Que dizer?
É td isso sim


Bj


De gata a 18 de Setembro de 2007 às 00:37
Os sonhos fazem falta sim. Principalmente a quem tem problemas para enterrar. E o maior problema é que são esses os primeiros a perder a capacidade de sonhar....

Beijo de gata, alentejana, ao luar.


De Frágil a 19 de Setembro de 2007 às 13:28
Hà momentos e momentos, hà sonhos e sonhos, hà quem nao consegue afundar os problemas e.....sonhos nao tem.


Bj


De Ana a 18 de Setembro de 2007 às 19:56
ups que agora assustei-me ( tu sabes porquê. Não tem nada a ver pois não? Outra vez não ).
Quem disse que os sonhos não fazem falta? Se não fossem os sonhos o que seria de nós naqueles dias de maior aflição, de maior saudade, de aperto que parece que o coração vai explodir?
Não deixes nunca de sonhar amor, afinal é o sonho que comanda a vida.
A/Mo-te por tudo e por nada


De Frágil a 19 de Setembro de 2007 às 13:30
Hà problemas que nao se resolvem com sonhos.



A/Mo-te


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

Links

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!