Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

A cor das estrelas...por: Mnike...

Ora vamos lá á cor das estrelas…

 

CONVITE...

 

Quis fazer um convite e não um desafio, exactamente porque não estou aqui a desafiar ninguem, estou apenas a tentar ( como diz a mnike e mto bem a meu ver ) tentar sonhar.

Devo antes de mais nada dizer que foi uma ideia assim....que nem eu sei explicar, apareçeu assim de um segundo para o outro, falei com algumas amigas e todas acharam interessante e prontificaram-se logo para colaborar ( desde já agradeço ).

Quero tambem dizer que foi uma experiencia lindissima e aprendi muito, o facto de eu ser homem e ler todos os textos escritos por varias mulheres é uma experiencia excepcional, tento explicar o porquê.

Falar das estrelas é algo fascinante, algo mágico, algo diferente, logo ver que sobre o mesmo tema há tantas opiniões diferentes tem-se uma visão mais alargada do que vai na cabeça das pessoas.

Porquê mulheres? (  esta pergunta foi-me feita pela lazy cat).....porque para falar de beleza natural ( estrelas ) ninguem o poderia fazer melhor que as mulheres, elas têm aquele toque, aquele toque e aquele saber acariçiar este tema com uma subtileza muito diferente dos homens, logo se torna tudo mais bonito, mais natural, é como juntar mais natureza á propria natureza, é como embelezar a beleza, neste caso a das estrelas.

 

Aprendi muito porque as visões sobre as estrelas vistas por vocês...foi uma coisa que realemente que me fez sonhar, ( desde já agradecido a todas ).

E acho que não estou com mais palavras, até mesmo porque acho que não estou a conseguir passar a mensagem, o melhor mesmo é ler tudo com muita atenção e constactarem vocês mesmo o que estou a tentar dizer.

 

Quase todos os convites foram aceites, apenas a “Doce Amor” não aceitou devido a problemas de saude, ( as melhoras rapidas para ti ).

A Lobaaaaaaaa ( desigual )..miga, mandaste-me o teu texto num formato que não consegui abrir, será que podes reenviar? Talvez em words?, ou algo que eu consiga abrir, obrigado Lobita.( tens tempo, eu proprio tambem me atrasei com tudo isto e a publicação será como á frente explicarei ) .

        

Tinha pensado juntar todos os vossos trabalhos e fazer um unico post, desculpem se mudei de ideias, acho que tudo junto ia realmente ser um post enorme e se tornaria monotono e cansativo para quem lê, ler tudo junto, por outro lado acho que ia tambem tirar a beleza dos vossos textos, assim pensei que seria mais bonito cada uma ter o seu proprio post, para ser adimrado e comentado mais facilmente.

Deixarei os postes 2-3 dias e volto a pubicar o proximo, publico pela ordem da lista de como foram convidadas, assim sendo, começamos pela Mnike.....

.

 

 

.

.

Cá de cima, deste céu de cetim, voo escondida no bolso do Principezinho que vai cantarolando uma canção que fala de “Amor”.

Não percebo o que ele diz, nem consigo sequer imaginar porque se sente tão feliz no meio do nada, num planeta pequeno, com uma árvore apenas e uns três ou quatro vulcões pequeninos...

Está calor aqui, espero que ele não resolva tirar o casaco agora...

E ele ri-se... Não entendo o porquê deste riso. Afinal está escuro, está noite, está sozinho nesta imensidão de vazio pintada a azul índigo e canta com uma voz tão feliz.

Não posso fazer barulho, tenho medo de o assustar, mas muito devagarinho vou tentar ver o que ele está a ver...

- Podes sair daí do bolso! Deves ter muito calor aí dentro - diz ele, em tom amigavelmente brincalhão, mas sereno e sem ponta de surpresa.

Só podia ser mesmo comigo que falava... Durante toda a madrugada não ouvi som que não o som suave da sua voz que me ajudou a aguentar aquele calor.

-Vem para aqui. Vamos ver um amanhecer!

Eu, envergonhada por me estar a esconder no seu bolso, fui saindo timidamente e ele olhava para mim com um sorriso sincero como que sempre soubera da minha própria existência.

De repente vi-o desaparecer de dentro do seu casaco. Não fugira! Quisera apenas ficar do tamanho do meu tamanho.

- Sabesdisse – Há já muito tempo que não falava com pessoas. Tenho andado ocupado com a minha rosa, que levou uma dentada de uma ovelha, mesmo em cima de um espinho que tinha uma lagarta e anda agora com a mania dos amuos, porque acha que vai ter menos uma borboleta para lhe embelezar as pétalas. De vez em quando também vou olhar o trigo, porque me lembro muitas vezes da raposa. Acho que ela não me enganou quando me falou do trigo... E agora tu -  diz ele com ternura - que entraste sem fazer barulho para dentro do meu bolso. Tu tens estrelas? De que cor são as tuas estrelas?

Fiquei pensativa. Ainda nem tinha conseguido dizer uma única palavra. Mas... estrelas? Teria eu estrelas?

O menino nem me deixou pensar. Deu-me a mão e continuou – Anda, vais conhecer as minhas estrelas! E fomos os dois a voar na direcção do ar que amanhecia ao sabor dos primeiros raios de sol.

- Olha aquela ali. Chama-se Sírius. Não é linda? E aquela pequenina ali é a irmã da Vega. Ambas cintilam com uma luz intensamente azulada, pela sua tenra idade e grande energia. São lindas as minhas estrelinhas!  

Por mais que olhasse eu não via as estrelas sobre as quais ele falava...

- Fecha os teus olhos. De que cor são as tuas estrelas?

Eu fechei os olhos. Eu vi as minhas estrelas... Umas maiores que outras, outras mais cintilantes...outras apenas pontos escuros. Eu realmente conseguia agora ver estrelas, mas não as conseguia descrever. Era tanta a cor! Era tanta a transformação...

- Fecha bem os olhos.continuava Sabes, olha bem para as tuas estrelas vermelhas. Lembraste dos dias em que o teu sol teve frio? As tuas estrelas vermelhas sopraram toda a sua intensidade para te fazer sorrir. Ficaram cansadas, perderam energia e cobriram-se de um vermelho alegre e quente para tu te lembrares do aconchego. Um dia elas tornar-se-ão um espaço escuro no céu. As estrelas também morrem... mas até lá, a luz ainda terá que passar por muitos milhões de anos...

Sei o quanto gostas a tua estrela laranja! Aquela que te faz lembrar o trigo e o dourado do trigo. Essa também é a minha favorita. Daqui a um minuto podemos ir ver os seus raios mais brilhantes ali na Austrália, se tu quiseres!

Eu continuava de olhos bem fechados e começava agora a entender o que ele me queria transmitir.

- Segue as azuis! Deixa que os raios dourados da tua vida abracem as tuas estrelas azuis! Assim terás também estrelas verdes, da cor das árvores e da cor da esperança! - e o som da sua voz silenciou-se.

Abri os olhos como quem acorda de um sonho. E, qual o meu espanto, quando me vi inundada pelos raios de pôr-do-sol mais lindos que alguma vez tivera vislumbrado...

- É lindo, não é?- e esboça um penetrante sorriso inocente com o seu olhar.


 

- Agora vou levar-te de volta à Terra. Tenho que me despachar... a minha rosa já está a espirrar, aquela manhosa!

Despedi-me do Principezinho... deixei-o partir mas não me senti triste, nem o senti só.

Ele cantou novamente aquela melodia para mim e abraçou-me.

Ía já a subir no céu quando me atira um aviãozinho de papel que aterrou directamente nas minhas mãos, deixando na sua trajectória um rasto de pó de brilho de estrela.

Vi que tinha algo escrito e abri-o.

Dizia:

 


 

"AS ESTRELAS NÃO TÊM COR PERMANENTE.
AS ESTRELAS TERÃO A COR QUE A CHAMA DA ALEGRIA DOS TEUS OLHOS PINTAR..
Quando vires uma estrela cair do céu não te assustes.
Fui eu que deixei cair um beijo para ti, porque tu me cativaste!"

Ass.: O Principezinho
"

Mnike

(Obrigada Frágil por me teres convidado a sonhar!)

Som: Reamonn-Supergirl

publicado por Frágil às 06:42
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 23 de Fevereiro de 2008 às 14:14
" Mnike "

Boa tarde querida( desculpa o querida,mas trato todos assim) confesso que já conheço a tua escrita,embora não comente ( admito ) visito algumas vezes o teu espaço, maravilho-me muitas vezes com o que escreves, tens uma maneira, simples e maravilhosa de nos encantar com contos e encantos , histórias maravilhosas que nos fazem voar no imaginário, e esta é mais uma delas, a prova do que acabo de dizer, é um conto lindo e encantado , admiro a tua imaginação , por momentos entrei nesse teu conto , nessa história maravilhosa , voei e...senti-me uma estrela ( ironia não é? ) mas tão pequenina!!!! Já pensas-te por acaso em escrever contos, quando digo escrever não digo como o fazes agora mas sim para publicar, lançar um livro!
Acredito piamente que farias sucesso, encantarias miudos e graudos , pois tu tens um dom espeçial de escrever, transmites sonhos e fazes com que quem leia o que escreves sonhe também e isso é maravilhoso , a maneira com que escreves faz com que entremos nesses contos e voemos neles ...
PARABÉNS, está maravilhoso...

beijinho terno e doce...

bom fim de semana


De mnike30 a 23 de Fevereiro de 2008 às 22:33
Estrela de mim,
Obrigada pela tua simpatia.
É certo que gosto de escrever, mas muito mais do que isso eu adoro é ler.
Gosto do teu blog, onde quem quiser saber algo mais tem que acender uma estrela...
Obrigada de novo e olha, nem de propósito, já que falaste em dom especial e publicações, vem dar-me a tua ajuda aqui:

http://mnike31.blogs.sapo.pt/19916.html

Beijinhos

P.S. Mané, obrigada por estes momentos!
Não esquecerei!
Beijo


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 24 de Fevereiro de 2008 às 00:35
ok kerida, irei ver o k se passa, no que puder ajudar...beijinho terno e doce tem um bom domingo querida...

bom Domingo tb para ti Mané


De Simplesmente...eu* a 23 de Fevereiro de 2008 às 21:49
Boa noite,
Sem duvida o convite da partilha de palavras começou lindamente. Um texto que nos faz viajar por entre as estrelas. Palavras simples mas que nos tocam bem fundo, um delinear de encantamento...
Deixo os meus parabens à autora Mnike pela partilha que nos ofertou e um obrigado ao Fragil pela ideia que teve em nos dar mais um momento de sonho aqui na sua ''casa''.

Simplesmente...um bêjuuuuuuu nos dois


De mnike30 a 24 de Fevereiro de 2008 às 22:23
Olá Simplesmente Eu
Obrigada pelas tuas palavras.
Acho que o Kumpadriii Chaparro teve uma ideia fantástica... Pôs-me a sonhar acordada e eu gostei!
:)
Beijinhos


De Simplesmente...eu a 23 de Fevereiro de 2008 às 23:10
Mais uma vez me encontro sem inspiracao para deixar planar as palavras que se encontram encerradas dentro de mim... estou a escrever e nao sei que palavras vou deixar voar. Palavras, sempre palavras... mas por vezes as palavras nao sao o suficiente. Porque, assim como uma imagem vale por mil palavras, um simples gesto, por mais banal que possa parecer, pode fazer a diferenca de uma vida...

Bom fim de semana.

Assim deixo-te...

Simplesmente...um bêjuuuuuu em tuuuuuuu


De Frágil a 24 de Fevereiro de 2008 às 09:50
Obrigada frágil?!?!?!?!?

OBRIGADO MNIKE!!!!!
Quem me fez sonhar foste tu, com essa historia que me fez voar por entre as estrelas, consegui sentir até aquele pó de brilho de estrela, parecia que estava a cair sobre mim, a fazer-me sorrir de encanto, sabes qdo se fica assim pasmado a fixar algo e com um sorriso permanete?, foi assim.
E acho que tens muita razão qdo dizes:

AS ESTRELAS NÃO TÊM COR PERMANENTE.
AS ESTRELAS TERÃO A COR QUE A CHAMA DA ALEGRIA DOS TEUS OLHOS PINTAR..


Obg mnike, por me teres feito sonhar


Bêjuuuuuuu



De poetaporkedeusker a 24 de Fevereiro de 2008 às 13:50
Pronto Frágil! Já está! Podes ir lá buscar. Vocês que percebem de informática devem saber fazer isso... ou não?
Não te esqueças de ler o post anterior que é uma humilde homenagem ao A. Caeiro!
Ai as horas! Ai que eu não tenho impressora e vou ter que gravar os poemas para levar para a CMO. Pareço o Coelhinho da Alice, não pareço?
Lembra-te de que voc^s, (sobretudo tu, pelo desafio...) são co-autores do soneto!


De mnike30 a 1 de Março de 2008 às 12:17
Ó poeta,
Antes o coelhinho da Alice que o Humpty Dumpty... lol

Beijo grande para ti!
:)


De poetaporkedeusker a 2 de Março de 2008 às 09:06
Pois, realmente o Humpty Dumpty não faz muito o meu estilo...
Abraço grande!


De efeneto a 24 de Fevereiro de 2008 às 15:09
Vindo do outro lado aqui estou para agradecer a sua visita. A sua odisseia começou da melhor maneira. Parabéns á autora do primeiro. Abraço.


De mnike30 a 1 de Março de 2008 às 12:18
Bom dia Fneto,
Agradeço as tuas simpáticas palavras.
:)
Beijinhos


De Sunshine a 24 de Fevereiro de 2008 às 23:23
Que história linda Mnike!! Uma história para sonhar...

" ...AS ESTRELAS NÃO TÊM COR PERMANENTE.
AS ESTRELAS TERÃO A COR QUE A CHAMA DA ALEGRIA DOS TEUS OLHOS PINTAR..."

Com estas palavras fazes com que o céu tenha estrelas de mil cores ... as cores do sonho, da alegria, da saudade e de todos os sentimentos que me invadem sempre que olho as estrelas ...
Bjinho grande ...

Ao Frágil um beijo também ..


De mnike30 a 1 de Março de 2008 às 12:21
Olá Sunshine,

O teu comentário fez-me esboçar um enorme sorriso... o mesmo que esbocei quando o aviãozinho de papel me chegou "às mãos"...

Obrigada!
Que o sol brilhe sempre na tua vida!

Beijinho


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!