Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

Tu....a minha vida...

.

.

"Tu...a minha vida"

 

 

         

     

Olho a vida que escorre

Nas mãos deste mundo que...

Não vê, não ouve e não sente

As dores de quem se lamenta

E enquanto o vento adormece...

Cai do céu a água que enche os dias de guerra

E que são paginas de sangue cá na terra

   

Amor...

Se não existisses tu

Que sabor teriam os meus dias?

Como seria eu abrir os olhos...

E tu não seres a minha luz?

      

Amor...

Quarenta anos são muitos..

E dão para entender muitas coisas

Para mudar é preciso tempo

Para disparar não é preciso nada

E esta cidade que se vai afundando

Nos problemas da esperança e das mentiras

Faz-me ficar parádo e distante

Porque quero falar com a consciência

    

Amor.....

Se não existisses tu

As palavras não eram caríçias

Que me falam e me ajudam

E um momento não era uma vida

    

Que junto a ti não acaba nunca...

  

 

 

Mané


publicado por Frágil às 15:23
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 13 de Dezembro de 2007 às 16:22
bêm compadri Mané...
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

bêm compadri Mané... <BR class=incorrect name="incorrect" <a>voçêmecê</A> tem cada poema sim senhori , vâmos lá a veri se te consigo comentari,de jêtu naei ... <BR>ora aqui vai então : <BR><BR>MANÉ... <BR><BR>Olhas a vida... <BR>deste mundo sem sentimentos, <BR>mundo cego, surdo , <BR>mundo frio e vazio, <BR>onde a dor ... <BR>o ódio e o rancor <BR>são o pão nosso de cada dia. <BR><BR>Mané... <BR>tens razão, <BR>Quarenta anos é muito tempo, <BR>pouco para os que vivem, <BR>muito para os que sofrem. <BR><BR>Mas... <BR>Mané... <BR>Poder ler a tua escrita <BR>é esquecer o mundo lá fora, <BR>é ficar parado... <BR>é ficar distante... <BR>é ficar maravilhado... <BR>Com tua escrita brilhante. <BR><BR>" Estrelademim " <BR><BR>Eternamente...beijinho doce <BR>


De Ana a 13 de Dezembro de 2007 às 16:38
Depois disto o que dizer? Deixas eu sem palavras!!!!
A/Mo-te por tudo e por nada e por favor não esqueças não? Nem deixes não?


De tugafixe a 13 de Dezembro de 2007 às 19:50
Cumpadri!
Bonito este sê poema.
Ainda bem que existe alguém...!

Abraçuuu!


De Simplesmente...eu* a 13 de Dezembro de 2007 às 20:46
Tentar explicar tudo o que se sentei...
é como tentar conter o oceano nas palmas das maos
ou como tentar olhar toda a imensidao do ceu em
apenas um olhar...
Vai alem do que as palavras conseguem
definir ou expressar...
ele se renova a cada manha...
a cada dia quando se acorda,
e o sorriso vem ao pensamento,
Amar...
a cada vez que se ouve a voz,
o coracao acelera
gritando ser o grande amor da vida...
Somente essa pessoa quem faz o
coracao sentir tudo isso que sempre quis sentir,
Somente quem inspira todo romantismo que ha,
Somente com quem se deseja
viver todos os dias da vida...
O presente vindo dos Ceus...
O amor que foi desenhado por Deus...
Viverão toda a vida para se fazerem feliz...
E um dia quando olharem para tras,
Verão uma grande historia de amor,
Que nem o tempo conseguira apagar...


Amigo, mais uma vez nos contemplas com um poema cheio de sentimentos lindos e verdadeiros...
Que esse coração esteja sempre repleto de amor e felicidade...

Simplesmente...um bêjuuuuu em tu


De mnike30 a 14 de Dezembro de 2007 às 08:35
Bom dia cumpadrii!

A nossa gata já miou... dá lá uma espreitadela, que vale a pena.
Tem um óptimo dia!
Beijinho

P.S. Esta música acompanhada por um texto destes é um momento de carinho muito grande!


De mnike30 a 14 de Dezembro de 2007 às 08:36
...poema, cumpadrii, poema!!
Mais ôto beijuUUU


De mnike30 a 14 de Dezembro de 2007 às 23:33
Bô nôte cumpadriii,
o Zé já postou a ontinuação do nosso texto!
Tá linda!
Beijinho


De ______ a 15 de Dezembro de 2007 às 11:14
Que poema tão sentido, é bom qd existe alguém que corra como correr o dia nos faz sorrir e está presente nas derrotas e nas vitórias.

Bom fim de semana <:)


De tugafixe a 15 de Dezembro de 2007 às 14:42
Boas tardes, cumpadri!

Fui incumbido de informar que no B612 já está o 4º capitulo do nosso conto de natal. O 5º há-de ser meu!

Grande abraçuuuu!


De tugafixe a 16 de Dezembro de 2007 às 00:58
Boa nôte!
Era só para dizer que o 5º capitulo está pronto!

AbraçuuuU!


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!