Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Oi Pa...

Dedicado ao meu Cára (Pai)

.

.

"Debaixo do céu de uma guerra"

 

 

 

Sem malas...

Debaixo dos olhos da noite

Quando a lua não vem

A viajem é longa

Quando tremem os pensamentos

E não és uma pessoa

E aquelas caras iguais....sem falar

Tal e qual como tu

Já sem a sua cidade

Viram-te correr

Debaixo do céu de uma guerra

Com uma lagrima no olho

E um bilhete para o mar

 

Homem na noite...

Sem estrelas nem céu

Mas és uma luz na noite

Numa terra estrangeira

Nesta vida estreita

Como as roupas que vestes

Ficas com frio e esperas

Quem te aqueça sem sono

 

Sem malas...

Cansado do mar e dos pensamentos

Quando passas-te a fronteira

Com o sol no rosto

Que te encandeia e tu não vês

Ficas ali sem ideias

Tudo te parece impossivel

E não tens coragem para sonhar

 

Eu conheci-te mais tarde

Já no escuro da nossa cidade

Ainda com a tal lagrima no olho

Que olhava para longe...

 

 

Mané

 


publicado por Frágil às 13:02
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 2 de Dezembro de 2007 às 13:19
Hoje passei aqui para

............·:::::·
¸,.·´¨`·.( -.- ).·´¨`·.,¸
¨`·--·-¨( “)(“ )¨-·--·´¨
¸.·´
( `·.¸
`·.¸ ) te deixar um super...
(.·´*´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·`*(`“·.¸(`“·.¸*(`“·.¸*(`“·.¸- *

´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶- ¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶- ¶
¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´¶¶¶¶´´´´´- ´´´´´´´´´¶¶¶´´´´´¶¶¶¶
¶¶¶´¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶¶¶- ¶´´´´´´´´´¶¶´´´¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶´´´¶¶´´´¶¶¶´´´´¶¶¶´¶¶¶- ¶´´´´´´´¶¶¶¶´´¶¶¶¶´´¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶´¶¶¶- ¶´´´´´´´¶¶¶¶´´¶¶¶´´´´¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶´´´¶¶¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶- ¶´´´´´´´´¶¶¶´´¶¶¶´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´¶¶¶´´¶¶¶´´´´´´´´¶¶¶- ¶´´´´´´´´¶¶¶´´¶¶¶´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´¶¶¶´´¶¶¶´´´´¶¶¶´¶¶¶- ¶´´¶¶¶´´´¶¶¶¶´¶¶¶´´´´¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶´¶¶¶- ¶´¶¶¶¶´´´¶¶¶¶´´¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´¶¶¶¶¶´´´´¶¶¶- ¶´´´¶¶¶´¶¶¶´´´´´¶¶¶¶¶¶
tem um bom domingo


De Simplesmente...eu* a 2 de Dezembro de 2007 às 20:47
...sem palavras...

Simplesmente...um bêjuuu em tuuu


De ______ a 3 de Dezembro de 2007 às 15:06
Bonito texto Mané, há sempre uma luz em cada olhar. Não consigo imaginar um cenário de guerra, ter que viver lá cada dia, ter que matar para não ser morto, ter medo a todas as horas, dormir sobressaltado.

Beijos.


De Ana a 4 de Dezembro de 2007 às 17:56
o teu Pá que tu tanto adoras.
Homenagem linda mor


Comentar post

Visitors


Counter From POQbum .com
website stats

favoritos

*Laura c`è*

*Chamem a Policia*

*QUEEN*

*Vigaro cá Vigaro lá*

*Perfume Patchouly*

*Grease*

*Just an Illusion*

*Help*

Um anjo da guarda em carn...

Amar é....

pesquisar

 

Posts recentes

A cor das minhas palavras...

„Amores longuinquos“...

Pelos teus Olhos I...

Sexo...

Sem sentido...

Silêncio...

O Amor és TU...

As minhas lágrimas...

Corações fortes...

Amor em plena liberdade.....

A voz da razão...

Carta de Amor Xaparrense....

Carta de desamor, O Amor ...

Nós Romanticos...

Palavras...

Apocalypse...

O sabor de um beijo...

O Infinito...

"Regresso" (2)

O Regresso...

Neste mundo de ladrões...

As Mulheres sabem...

Em órbita...

A quatro olhos...

Com tudo o que temos mais...

Palavras perdidas...

Memories I...*Os dias do ...

Ausente/Presente...

Falta de Tempo...

PARABÉNS

Curta-Metragem...

Guilty pleasures ...

Onde nasce Sol...

Deixa-me RiR...

"Memoria em 6 palavras"

Ma...

Private Property...

Click Me...

Estrela...

Rebelde...

Welcome....Ki

Amores...

Poucas Palavras...

Bolota Luminosa...

O Amor...

Pelos teus olhos...

Guerra...

Calor Frágil...

Nas Nuvens...

Escultura...

Arquivos

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007


Get Your Own Player!